Bem vindo!

...... Que São João Eudes unido à Santíssima Virgem Maria, intercedam pela paz e prosperidade desta grandiosa obra de evangelização.

Notícias Recentes

300 ANOS DE BENÇÃOS

...

Leia mais...

ORATÓRIO DE SANTO ANTÔNIO COM MAESTRO KEILLER RÊGO

  ACONTECERÁ NO MÊS DE JUNHO OS FESTEJOS DOS SANTOS: SANTO ANTÕNIO, SÃO JOÃO E SÃO PEDRO. No dia 07 terá o maestro Keiler Rêgo as 20h. Após, terá quermeece e...

Leia mais...

MISSA EM LOUVOR A NOSSA SENHORA DE FÁTIMA

Primeira Aparição de Nossa Senhora de Fátima Dia 13 de Maio de 1917. Nossa Senhora aparece resplandecente aos pastorinhos, em 1917. Lúcia, Francisco e Jacinta estavam brincando num lugar chamado Cova da Iria. De repente, observaram dois clarões como de relâmpagos, e em seguida viram, sobre a copa de uma pequena árvore chamada azinheira, uma Senhora de beleza incomparável. Era uma Senhora vestida de branco, mais brilhante que o sol, irradiando luz mais clara e intensa que um copo de cristal cheio de água cristalina, atravessado pelos raios do sol mais ardente. Sua face, indescritivelmente bela, não era nem alegre e nem triste, mas séria, com ar de suave censura. As mãos juntas, como a rezar, apoiadas no peito, e voltadas para cima. Da sua mão direita pendia um Rosário. As vestes pareciam feitas somente de luz. A túnica e o manto eram brancos com bordas douradas, que cobria a cabeça da Virgem Maria e lhe descia até os pés. Lúcia jamais conseguiu descrever perfeitamente os traços dessa fisionomia tão brilhante. Com voz maternal e suave, Nossa Senhora tranqüiliza as três crianças, dizendo: Nossa Senhora: “Não tenhais medo. Eu não vos farei mal.” E Lúcia pergunta: Lúcia: “Donde é Vossemecê?” Nossa Senhora: “Sou do Céu!” Lúcia: “E que é que vossemecê me quer? Nossa Senhora: “Vim para pedir que venhais aqui seis meses seguidos, sempre no dia 13, a esta mesma hora. Depois vos direi quem sou e o que quero. Em seguida, voltarei aqui ainda uma sétima vez.” Lúcia: “E eu também vou para o Céu?” Nossa Senhora: “Sim, vais.” Lúcia: “E a Jacinta?” Nossa Senhora: “Também” Lúcia: “E o Francisco?” Nossa Senhora: “Também. Mas tem que rezar muitos terços”. Nossa Senhora: “Quereis oferecer-vos a Deus para suportar todos os sofrimentos que Ele quiser mandar-vos, em ato de reparação pelos pecados com que Ele é ofendido, e de súplica pela conversão dos pecadores?” Lúcia: “Sim, queremos” Nossa Senhora: “Tereis muito que sofrer, mas a graça de Deus será o vosso conforto”. Ao pronunciar estas últimas palavras, Nossa Senhora abriu as mãos, e delas saía uma intensa luz. Os pastorinhos sentiram um impulso que os fez cair de joelhos, e rezaram em silêncio a oração que o Anjo havia lhes ensinado: As três crianças: “Ó Santíssima Trindade, eu Vos adoro. Meu Deus, meu Deus, eu Vos amo no Santíssimo Sacramento.” Passados uns momentos, Nossa Senhora acrescentou: Nossa Senhora: “Rezem o Terço todos os dias, para alcançarem a paz para o mundo, e o fim da guerra.” Em seguida, cercada de luz, começou a elevar-se serenamente, até...

Leia mais...

GRUPO DE ORAÇÃO MANÁ, ENCONTRO TODA SEGUNDA-FEIRA

O Grupo de Oração Maná promove toda segunda-feira o chamado grupo aberto onde todos estão convidados a louvar ao Senhor com cânticos, orações, escuta e reflexão da palavra de...

Leia mais...

CUIDAR DE NOSSA CASA O MUNDO

texto_base_cnbb_pktexto_base_cnbb_pk  DEVEMOS TOMAR CONSCIÊNCIA DOS PROBLEMAS E PROCURAR CUIDAR DA NOSSA CASA, O PLANETA.

Leia mais...

TERÇO DA MISERICÓRDIA TODA QUINTA-FEIRA, AS 15H

TODAS QUINTAS AS 15 HORAS, TAMBÉM ESTAMOS ADORANDO AO SENHOR. ESPÍRITO SANTO, VINDE, FALAR EM MIM, ESPÍRITO SANTO VINDE, ORAR EM MIM, VINDE CURAR, VINDE LIBERTAR, NOSSOS. CORAÇÕES DE TODA OPRESSÃO, VINDE TRANSFORMAMR, VEM INCENDIAR, TRAZ FOGO DO CÉU NESSE LUGAR. INCEDEIA MINHA ALMA, INCENDEIA MINHA ALMA, SENHORRR INCENDEIA MINHA ALAMA, INCENDEIA MINHA ALMA, INCENDEIA MINHA ALMA...

Leia mais...

JUBILEU DA MISERICÓRDIA

TEMPO DE CONVERSÃO E BUSCA DA SANTIDADE A VERDADEIRA MISERICÓRDIA CONSISTE EM: dar pão a quem tem fome,água a quem tem sede, visitar os presos,vestir os nus,libertar os oprimidos Cf.Mt...

Leia mais...

Cadastramento de vagas para carreata

Descritivo da Carreata para conhecimento prévio. A Imagem será recebida no Aeroporto de Salvador as 17:30h no Saguão de desembarque por um grupo do Terço dos Homens de diversas Paróquias e será acondicionada em uma Berlinda e colocada em uma Viatura da Policia Rodoviária Federal. A Viatura sairá do Aeroporto escolada por batedores da PRF como merece a Padroeira do Brasil para seguir até a Paróquia N. Sra. da Conceição Aparecida no Imbuí. No Trajeto serão incorporados ao cortejo primeiramente um grupo de ciclistas que estará aguardando a passagem da cortejo na pista do bambuzal logo na saída do Aeroporto. Em seguida, na Avenida Caribé teremos então os carros estacionados na Faixa da Direita e sairão um a um atrás do cortejo oficial. Esta movimentação será organizada pela PM/BA e Transalvador e seguirá pela Avenida Paralela até o Imbuí utilizando as duas faixas da Direita da Avenida. Para uma melhor organização e confecção de bandeirolas para Saudar Nossa Senhora e cada veículo deverá adquirir no local da concentração (Av. Caribé, 2 bandeirolas ao custo de R$5,00 (Pedimos que levem o dinheiro já certo ou seja uma cédula de R$5,00) para uma melhor organização e envio de informações adicionais, favor preencher o formulário eletrônico de cadastramento dos carros a seguir: O cortejo seguira pela Av. Paralela e será saudado em alguns pontos por Comunidades e Paróquias daquela região, como Mussurunga, Bairro da Paz, Alphaville, Pituaçu, CAB e Narandiba onde haverão paradas rápidas de no máximo 5 minutos cada. Ao chegar ao viaduto de acesso ao Bairro do Imbui, o Cortejo subirá o viaduto e a Carreata seguira para Retornar no Viaduto Luis Eduardo Magalhães para dispersão, isto porque a Pista Central do Imbui estará interditada para receber o Cortejo Oficial por uma grande quantidade de fiéis. Ao Chegar Próxima a Igreja, a Berlinda será retirada da Viatura e conduzida pelo povo para ser entronizada na Igreja sob uma linda queima de fogos. Isso deve acontecer por volta de 20 horas, quando então teremos a celebração de uma Missa de acolhida da Imagem Presidida pelo Bispo Auxiliar Dom...

Leia mais...

FORRÓ DA SINHÁ MARIA DA PARÓQUIA

...

Leia mais...

ORDENAÇÃO DO DIÁCONO CLÉRISTON, PRIMEIRA MISSA NA PARÓQUIA EM JULHO DIA 09/07

Dom José Aparecido Tosi Marques, Arcebispo de Fortaleza, ordena, AMANHÃ, dia 1º de julho, na Igreja Menino Deus, no bairro Luciano Cavalcante, nas proximidades da Câmara Municipal de Fortaleza, padre, o diácono Cleriston Ferreira, que chegou de Salvador, Bahia,onde fez o seu estágio como diácono, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Cleriston é o terceiro brasileiro e cearense a ser ordenado pela Congregação de Jesus e Maria, que veio para Fortaleza para os seus padres servirem no Seminário São José, no bairro Castelão, atendendo convite de dom Aloísio Lorscheider, na época arcebispo de Fortaleza. Ele foi despertado para o sacerdócio, segundo declarou, fazendo parte de um grupo de oração do seu bairro, Democrito Rocha, onde também começou a trabalhar na Pastoral da Crisma, na Paróquia São Pio X. “Foi ai onde surgiu a minha primeira experiência vocacional”. Ele diz que a responsabilidade é muito grande , mas espero, com a graça de Deus corresponder. Fui chamado para o ministério e para o serviço de levar ovelhas a encontrar o caminho de Deus”. HISTORIA A história de Clériston começa com a sua participação num grupo de oração do bairro Democrito Rocha, onde morava com a sua minha família onde passei a trabalhar com os jovens na Pastoral da crisma, na Paróquia do Pio X e dai surgiu aquela vontade no meu coração uma experiência vocacional. Foi para a Arquidiocese, onde fiz uma experiência vocacional e entrei no Seminário Propedêutico . Fiz Filosofia. Um tempo depois saiu para repensar a sua vocação .e retornei em 2010, mas para a Congregação de Jesus e Maria, depois de um convite do padre Luís Gabriel, que é o pároco de São João Eudes. Na congregação dos “Eudistas”, ele fez Filosofia. Em 2014 foi enviado para o Equador, para uma experiência pastoral. Quando retornou, terminei Teologia e em novembro foi ordenado diácono e foi exercer o ministério diaconal em Salvador,na Bahia, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. A ordenação de Cleriston Mendes Ferreira acontecerá na próxima sexta-feira, amanhã, dia 1º de julho,numa solenidade presidida por dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, na Igreja Menino Deus, às 19 horas, nas proximidades da Câmara Municipal de Fortaleza, no bairro Luciano Cavalcante. Todo o Povo de Deus está convidado para essa ordenação presbiterial. Cleriston celebrará a sua primeira missa na Paróquia São Pio X, dia 2 de julho, às 19 horas, “porque foi onde eu comecei a minha experiência pastoral. Minha vocação começou lá, na pastoral da Crisma, com os jovens. Portanto, vou rezar a minha primeira missa lá”. Sobre sua família, Clériston disse que ela está muito feliz, graças a Deus. A minha mãe, os meus irmãos, com a minha vocação eles aprofundaram , amadureceram a fé e estão cada vez mais fortes, participando das atividades da igreja, nas pastorais e estão me incentivando muito, através das orações e incentivo na fé”. Cleriston aproveitou para informar que a Congregação Jesus e Maria terá, com a sua ordenação, três sacerdotes brasileiros, por sinal todos cearenses: padre Marcos Studart, pároco de de Nossa Senhora Aparecida, em Salvador e Cristiano Henrique. Ele tem 34 anos e vai servir em Salvador. Ele é filho de Maria Mendes Ferreira e Carlito Serafim Ferreira. Ele nasceu no dia 6 de dezembro de 1981, em Fortaleza. Tem três irmãos, sendo dois homens e uma mulher. Fonte:...

Leia mais...

ARRAIÁ DA CATEQUESE INFANTIL DIA 11/06/16

ARRAIÁ DA CATEQUESE INFANTIL FOI ASSIM: REUNIÃO COM OS PAIS SOBRE A FAMÍLIA, PARTICIPAÇÃO DO DIÁCONO CLERYSTON, LOGO APÓS, FORRÓ COM ALEGRIA E QUITUTES...

Leia mais...

CURSO DE ARTESANATO NO CLIMA JUNINO

...

Leia mais...

SÃO JOÃO

SÃO JOÃO (João Batista) João foi aquele que recebeu a visita de Deus em nosso meio, nosso anfitrião, aquele que representou a raça humana e como que uma verdadeira entrega do mundo a Deus derramou água sobre a fronte do Senhor, ao contrário de Adão que, representante da raça humana, entregou o mundo a Satanás. Agora Deus escolhe um homem para devolver a Deus o que era d’Ele que foi dado ao homem e que o homem vendeu a Satanás. Esse é João, aquele que anuncia “Este é o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo”. (Jo 1, 29). Assim temos uma vida nova, que passa pelas mãos de João, por isso que celebrar o nascimento deste grande homem estamos celebrando a nossa própria vitória. Sua missão não foi fácil, certamente que desde o ventre materno ficou cheio do Espírito Santo, e foi preparado durante toda a sua vida para ser a testemunha da vinda do Salvador. João passou por muitas dificuldades seus pais já eram de idade avançada e João muito jovem teve que se virar. Nesta caminhada foi ter com os Essênios, estes eram um grupo de homens que viviam como que em mosteiro, dedicavam a oração, a penitência, eram copistas das Escrituras e esperavam a vinda do salvador. Achavam-se os únicos preparados para o momento em que Ele iria chegar. João viveu com eles durante um tempo e deve ter aprendido muito, talvez sua vocação fosse despertada neste tempo, sabemos que depois que João viveu com os Essênios foi pregar e batizar no deserto. “Como está escrito no livro das palavras do profeta Isaías (40,3ss.): Uma voz clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas”. (Lc 3,4). Sua missão é invejável, denunciou as injustiças de sua época e centralizou sua pregação na conversão dos pecados. João pregava o arrependimento dos pecados pessoais, mas também denunciava os pecados sociais. Queria “aplainar o caminho do Senhor” (Mt 3,3). Queria que as pessoas tivessem preparadas para receber o Salvador e percebendo que Ele estava no meio do povo, ficava atordoado e lutava com todas as forças para que as pessoas se convertessem. Ele era o único que via e que percebia a presença do Salvador, e mais ninguém conseguiu perceber. “Bendito seja o Senhor Deus de Israel que a seu povo visitou e libertou e suscitou para nós um poderoso Salvador na casa de Davi seu servidor… E tu menino serás chamado profeta do altíssimo, pois irá andando a sua frente…”. (Lc 1, 68-79) Esta é a oração de Zacarias – o Benedictus – que mostra muito bem a missão de João Batista. Este grande profeta que fecha as portas do Antigo Testamento e entrega a Jesus toda herança deixada por Deus na boca dos profetas. Este homem que o próprio Jesus declara: “Em verdade vos digo: entre os filhos das mulheres, não surgiu outro maior que João Batista”. (Mt 11,11a). Por isso, pelo grande profeta que é João a Igreja celebra seu nascimento e é o único, com exceção de N.S., que é celebrado o dia de sua vinda ao mundo. SÃO PEDRO (Simão Pedro) Nos países predominantemente católicos, em todo dia 29 de junho comemora-se o dia de São Pedro, ou, como é formalmente conhecido: a Festa de São Pedro e São Paulo. A memória dos dois santos apóstolos, Pedro e Paulo, é relembrada e festejada nesse dia – apesar de, na tradição católica popular de alguns países, como o Brasil, o dia 29 de junho ser dedicado eminentemente a São Pedro. Mas quais são as razões que levaram à escolha desse dia para a celebração da memória desses santos? Uma das hipóteses principais para a origem da celebração do Dia de São Pedro é que algumas investigações de historiadores e arqueólogos apontam para o fato de que Pedro teria sido morto em 29 de junho de 64 d.C. A tradição católica, de sua parte, aponta para o fato de que São Paulo pode ter sido morto, senão nesse mesmo dia, ao menos na mesma época, haja vista que trata-se do período em que Nero governava o Império Romano e a perseguição aos cristãos era implacável. Nero foi o responsável pelo...

Leia mais...

SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

...

Leia mais...

O DÍZIMO

o dízimo é uma doação regular e proporcional aos rendimentos do fiel, que todo batizado deve assumir. É uma forma concreta que o cristão tem para manifestar a sua fé em Deus e o seu amor ao próximo, pois é por meio dele que a Igreja se mantém em atividade, sustenta seus trabalhos de evangelização e realiza muitíssimas obras de caridade e assistência aos menos favorecidos. Pelo dízimo, podemos viver as três virtudes mais importantes para todo cristão: a fé, a esperança e o amor-caridade, que nos levam mais perto de Deus. O dízimo é um compromisso. Representa a nossa vontade de colaborar, de verdade, com o Projeto Divino neste...

Leia mais...

SANTO ANTONIO

  O nome original de Santo Antônio era Fernando de Bulhões. Ele nasceu em 1195, em Lisboa, numa família nobre e rica. Educado em Coimbra, tornou-se membro da Ordem de Santo Agostinho e foi ordenado sacerdote aos 25 anos. Nesse tempo, a fama de Francisco de Assis já percorria Portugal. Em 1220, a chegada a Coimbra das relíquias de cinco mártires franciscanos mortos no Marrocos levou o jovem a entrar para a ordem dos franciscanos. Ele adotou o nome de Antônio e partiu para o Marrocos. Contudo, mal chegou ao país, ficou doente e teve que retornar a Europa. Desejoso de conhecer Francisco de Assis foi à Itália. Depois do encontro, foi designado para lecionar teologia aos frades de Bolonha e com apenas vinte e seis anos de idade, foi eleito provincial dos franciscanos do norte da Itália. Antônio aceitou o cargo, mas nele não permaneceu, pois sua vontade era pregar pelas vilas e cidades, atendendo aos necessitados. Assim percorreu várias regiões da Itália e do sul da França. Antônio morreu em 13 de junho de 1231, nos arredores de Pádua, na Itália, com apenas trinta e seis anos de idade. Ali foi sepultado numa basílica que se tornou lugar de peregrinação. Ele foi canonizado no ano seguinte pelo papa Gregório IX. São milhares os relatos de milagres, como a pregação aos peixes, e graças alcançadas rogando seu nome. Padroeiro de Pádua e de Lisboa, ele é venerado por ajudar a arranjar casamentos e encontrar coisas perdidas. Na arte ele é representado como um jovem cândido, com o hábito franciscano, segurando um lírio e carregando o menino Jesus (um dos milagres que teriam ocorido com Antônio). No entanto, essa imagem quase efeminada não lhe faz justiça: Antônio era um homem forte e destemido, implacável contra os opressores dos fracos e contra o clero que não vivia de acordo com as regras. Grande parte dos sermões de Santo Antônio foi preservada, o que, associado à sua reputação de grande erudito em assuntos bíblicos, fez com que a Igreja católica o incluísse entre seus doutores. Comemoração: 13 de...

Leia mais...

DIA 30 DE MAIO, A PASTORAL SOCIAL COMPLETOU 10 ANOS DE AMOR AO PRÓXIMO

...

Leia mais...

COROAÇÃO DE NOSSA SENHORA

...

Leia mais...
Rua das Araras, nº 1210 - Ìmbui - Salvador Ba - Tel.: 71 3371-1205
E-mail: secretaria@nossasenhoraaparecida.org.br
Download mp3