Bem vindo!

...... Que São João Eudes unido à Santíssima Virgem Maria, intercedam pela paz e prosperidade desta grandiosa obra de evangelização.

Notícias Recentes

O NASCIMENTO DE JESUS, O NATAL

  Papa Francisco celebrou durante a noite deste sábado (24) a tradicional Missa do Galo, na basílica de São Pedro, no Vaticano. Durante a celebração o pontífice criticou o consumismo e afirmou que o “Natal virou refém da mundanidade” ao falar do materialismo nesse período do ano. Na homilia, ele também pediu compaixão pelas crianças vítimas de guerras. “O Natal se tornou uma festa em que os protagonistas somos nós mesmos, ao invés de Jesus; em que as luzes do comércio lançaram a luz de Deus nas sombras; em que estamos preocupados com presentes, e somos frios com aqueles que são marginalizados “, afirmou Francisco aos 1,2 bilhão de católicos do mundo. Segundo o líder da igreja Católica, o Natal foi entregue ao consumismo. “Este mundanismo tomou o Natal como refém, precisa ser libertado”, disse diante de mais de 10 mil fieis, além de dezenas de cardeais e bispos, que acompanharam a missa, tradicional na noite da véspera de Natal. Papa Francisco beija a imagem do menino Jesus durante Missa do Galo, no Vaticano, neste sábado (24) (Foto: REUTERS/Tony Gentile) Papa Francisco beija a imagem do menino Jesus durante Missa do Galo, no Vaticano, neste sábado (24) (Foto: REUTERS/Tony Gentile) Papa Francisco beija a imagem do menino Jesus durante Missa do Galo, no Vaticano, neste sábado (24) (Foto: REUTERS/Tony Gentile) Durante a homilia, Francisco fez um apelo também às crianças refugiadas de guerras e pediu compaixão pelas vítimas de conflitos, ao contar a história de Jesus. “Jesus nasceu rejeitado por alguns e foi considerado por muitos outros com indiferença”, comentou antes de fazer referência direta à crise migratória e à guerra civil na Síria. “Vamos nos permitir também sermos desafiados pelas crianças do mundo de hoje, que não estão deitadas num berço acariciado com o afeto de mãe e pai, mas sofrem ao esconder-se em algum refúgio subterrâneo para escapar do bombardeio, nos pavimentos de uma grande cidade, no fundo de um barco carregado de imigrantes”, disse Francisco, fazendo referência direta. Foi a quarta vez que o Papa Francisco celebrou a Missa do Galo, desde que foi eleito em 2013. Neste domingo (25), o pontífice faz o discurso “Urbi et Orbi” (para a cidade e o mundo), no balcão da basílica de São Pedro, no...

Leia mais...

PRIMEIRA EUCARISTIA DAS CRIANÇAS

...

Leia mais...

Festa da Padroeira , procissão nas ruas do Imbuí.

...

Leia mais...

Festa da Padroeira, missa da 15h

...

Leia mais...

Festa de Aparecida, Missa das 12h

...

Leia mais...

FESTA DE NOSSA SENHORA APARECIDA, 12/10/16 – Missa das 6;30

...

Leia mais...

PRIMEIRA VISITA PASTORAL COM DOM GILSON

...

Leia mais...

CHEGADA DA IMAGEM PEREGRINA – ANO JUBILAR – MISSAS

...

Leia mais...

AJUDE A ESCOLA EVOLUÇÃO CLÍNICA

O padre Cleriston, acompanhado de agentes da Pascom, visitou a Evolução Escola-Clínica. Na ocasião o padre Cleriston leu a Palavra de Deus, evangelizou e abençoou mães, alunos e funcionários presentes. Também conheceu as instalações da instituição e ganhou de presente uma imagem de Nossa Senhora feita na oficina da escola. A Evolução Escola – Clínica atende pessoas autistas e presta apoio aos seus familiares, por meio de diversas atividades. Para manter de seu bonito trabalho, precisa da ajuda de toda a comunidade. Uma das formas é prestigiar a Panificadora e Lanchonete Evolução, que funciona na escola e aceita encomendas. Texto de Vanessa...

Leia mais...

ORDENAÇÃO DO DIÁCONO CLÉRISTON, PRIMEIRA MISSA NA PARÓQUIA EM JULHO DIA 09/07

Dom José Aparecido Tosi Marques, Arcebispo de Fortaleza, ordena, AMANHÃ, dia 1º de julho, na Igreja Menino Deus, no bairro Luciano Cavalcante, nas proximidades da Câmara Municipal de Fortaleza, padre, o diácono Cleriston Ferreira, que chegou de Salvador, Bahia,onde fez o seu estágio como diácono, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. Cleriston é o terceiro brasileiro e cearense a ser ordenado pela Congregação de Jesus e Maria, que veio para Fortaleza para os seus padres servirem no Seminário São José, no bairro Castelão, atendendo convite de dom Aloísio Lorscheider, na época arcebispo de Fortaleza. Ele foi despertado para o sacerdócio, segundo declarou, fazendo parte de um grupo de oração do seu bairro, Democrito Rocha, onde também começou a trabalhar na Pastoral da Crisma, na Paróquia São Pio X. “Foi ai onde surgiu a minha primeira experiência vocacional”. Ele diz que a responsabilidade é muito grande , mas espero, com a graça de Deus corresponder. Fui chamado para o ministério e para o serviço de levar ovelhas a encontrar o caminho de Deus”. HISTORIA A história de Clériston começa com a sua participação num grupo de oração do bairro Democrito Rocha, onde morava com a sua minha família onde passei a trabalhar com os jovens na Pastoral da crisma, na Paróquia do Pio X e dai surgiu aquela vontade no meu coração uma experiência vocacional. Foi para a Arquidiocese, onde fiz uma experiência vocacional e entrei no Seminário Propedêutico . Fiz Filosofia. Um tempo depois saiu para repensar a sua vocação .e retornei em 2010, mas para a Congregação de Jesus e Maria, depois de um convite do padre Luís Gabriel, que é o pároco de São João Eudes. Na congregação dos “Eudistas”, ele fez Filosofia. Em 2014 foi enviado para o Equador, para uma experiência pastoral. Quando retornou, terminei Teologia e em novembro foi ordenado diácono e foi exercer o ministério diaconal em Salvador,na Bahia, na Paróquia Nossa Senhora Aparecida. A ordenação de Cleriston Mendes Ferreira acontecerá na próxima sexta-feira, amanhã, dia 1º de julho,numa solenidade presidida por dom José Antonio Aparecido Tosi Marques, na Igreja Menino Deus, às 19 horas, nas proximidades da Câmara Municipal de Fortaleza, no bairro Luciano Cavalcante. Todo o Povo de Deus está convidado para essa ordenação presbiterial. Cleriston celebrará a sua primeira missa na Paróquia São Pio X, dia 2 de julho, às 19 horas, “porque foi onde eu comecei a minha experiência pastoral. Minha vocação começou lá, na pastoral da Crisma, com os jovens. Portanto, vou rezar a minha primeira missa lá”. Sobre sua família, Clériston disse que ela está muito feliz, graças a Deus. A minha mãe, os meus irmãos, com a minha vocação eles aprofundaram , amadureceram a fé e estão cada vez mais fortes, participando das atividades da igreja, nas pastorais e estão me incentivando muito, através das orações e incentivo na fé”. Cleriston aproveitou para informar que a Congregação Jesus e Maria terá, com a sua ordenação, três sacerdotes brasileiros, por sinal todos cearenses: padre Marcos Studart, pároco de de Nossa Senhora Aparecida, em Salvador e Cristiano Henrique. Ele tem 34 anos e vai servir em Salvador. Ele é filho de Maria Mendes Ferreira e Carlito Serafim Ferreira. Ele nasceu no dia 6 de dezembro de 1981, em Fortaleza. Tem três irmãos, sendo dois homens e uma mulher. Fonte:...

Leia mais...

Saiba como nasceu a Paróquia

O bairro do Imbuí, estruturado por volta de l976/77 nascia para ser a expansão da cidade de Salvador. Logo cresceu o número de edifícios dispostos em condomínios residenciais. Com isto nascia também a especulação para o comércio e serviços diversos.O Imbuí hoje conta com muitos conjuntos ou condomínios, com um comércio que se estende por nove pequenos shoppings e casas comerciais, possui duas redes de supermercados (Bom Preço e Extra), está bem servida em serviços diversos (clinicas, consultórios, escritórios, etc) e está assistida por três redes bancárias, Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal, Banco Itaú. Quando o Imbuí nasceu, vieram com ele os sinais visíveis da fé cristã. Não tendo sido projetado um local para a igreja, as famílias começaram a se reunir em suas casas e nas ruas para a oração do terço, o Oficio de Nossa Senhora, a leitura da Palavra Sagrada. Como fruto destes encontros, em 1980, um trabalho mais consistente surgia. Aos domingos, passou a ser celebrada a Santa Missa no Colégio Mons. Manuel Barbosa. Neste mesmo tempo, nas festividades do Natal, foi celebrada uma missa pelo então Cardeal Arcebispo de Salvador, o saudoso D. Avelar Brandão Vilela, que enxergou no bairro uma paróquia para um futuro breve devido ao crescimento populacional do bairro. Com D. Avelar, as pessoas que faziam o movimento religioso escolheram para padroeira Nossa Senhora da Conceição Aparecida, pois sendo esta, a Padroeira do Brasil ainda não tinha nenhuma Igreja a ela dedicada na cidade de Salvador. Com isto, não nascia apenas a esperança de uma paróquia, mas o desejo ardente de que esta paróquia constituísse um santuário de devoção à Mãe de Deus e dos homens. A partir daí, lutas, trabalhos, suor, alegrias, e vitórias aconteciam tecendo a história de uma parte do Povo de Deus no meio da cidade de Salvador. Conseguiu-se o terreno que foi permutado posteriormente, o que sentimos como obra divina, pois a localização do mesmo é hoje o coração do bairro. Em l988 deu-se início a construção de uma parte da obra – o Centro Comunitário – para que pudesse, em pouco tempo, atender as nossas necessidades, sediando as diversas atividades e as exigências que iam surgindo. Ainda em construção, o Centro Comunitário já acolhia as diversas atividades como catequese, missas, encontros, cursos e reuniões. Entre l989 e 2009 o trabalho pastoral foi se expandindo com o surgimento de grupos e movimento e a imediata organização administrativa e financeira. Crescendo o número de fiéis e, com isto, aumentando as exigências, sentiu-se a necessidade de criar, nos condomínios, trabalhos que expandissem as atividades do Centro Comunitário. Foi criado então, áreas, hoje sinais de comunidade eclesial, pois se reúnem para leitura e meditação do Evangelho, orações, palestras, cursos, novenários e, de forma particular, a visitação da imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida nos lares. Muitas famílias recebem esta visita da Mãe de Deus e no final do mês todos se reúnem para um momento comum de oração. A festa da nossa Padroeira, no dia l2 de outubro, já é uma realidade no calendário católico, pois recebemos muitos devotos para as missas e procissão sempre com a cobertura da imprensa (redes de televisão e jornais). Este portanto é o retrato de uma Igreja jovem que teve a imensa alegria de se tornar PARÓQUIA no Ano Jubilar – 2000 Anos de Nosso Senhor Jesus Cristo – e que quer, de forma madura, participar da obra salvífica do Senhor sob a proteção de Maria no título a ela consagrado pelo povo brasileiro – Nossa Senhora da Conceição Aparecida. Tendo sido confiada pela Arquidiocese de Salvador à Congregação Jesus e Maria dos Padres Eudistas, estes promoveram uma intensa motivação pelo engajamento de toda  comunidade na construção do Templo e da Casa Paroquial, que hoje praticamente concluídos oferecem então uma estrutura digna e adequada ao crescimento do projetos de evangelização, carisma próprio os Padres Eudistas. Que São João Eudes unido à Santíssima Virgem Maria, intercedam pela paz e prosperidade desta grandiosa obra de...

Leia mais...
Rua das Araras, nº 1210 - Ìmbui - Salvador Ba - Tel.: 71 3371-1205
E-mail: secretaria@nossasenhoraaparecida.org.br
Download mp3